Aconteceu!

PREFEITO DAVID ALMEIDA E VICE-GOVERNADOR TADEU DE SOUZA DESTACAM AVANÇOS NA INFRAESTRUTURA VIÁRIA COM CONSTRUÇÃO DE VIADUTO NA AVENIDA DAS TORRES

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom
O prefeito de Manaus, David Almeida, acompanhado pelo vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza, assinou, nesta quarta-feira, 4/1, a ordem de serviço para a construção do complexo viário Prefeito José Fernandes, que irá interligar as avenidas Rio Branco e Governador José Lindoso, conhecida como avenida das Torres, localizadas no bairro Flores, zona Centro-Sul.

A obra é mais uma das intervenções viárias contempladas pelo convênio firmado entre Prefeitura de Manaus e governo do Amazonas para modernizar a estrutura viária da capital amazonense, como destacou o prefeito David Almeida.

“Já assinamos a ordem de serviço, então, por mim, amanhã já inicia esta grande obra. A previsão de entrega é de 18 a 24 meses, porém, vamos trabalhar para conseguir derrubar esse prazo. Esse será um complexo de 12 direções, o que resolve o problema deste gargalo por mais de 30 anos. Essa intervenção se junta a que anunciamos ontem na bola do Produtor ‘Rei Pelé’ e as outras que faremos na avenida das Torres. Tudo isso só é possível graças à parceria firmada com o governador Wilson Lima”, enfatizou Almeida.

A construção do complexo viário Prefeito José Fernandes visa garantir fluidez ao tráfego, que, hoje, é intenso. O histórico de acidentes e de retenção no trecho foram determinantes para o início do projeto, destacou David Almeida.

Projeto

Um projeto executivo e básico está sendo desenvolvido e prevê que o trabalho se estenda a 200 metros para cada lado da rua Barão do Rio Branco, inclusive com alargamento de algumas vias no entorno e a implantação de uma nova rua.

Governador em exercício, Tadeu de Souza salientou a importância da visão estratégica utilizada tanto pela Prefeitura de Manaus, quanto pelo governo do Amazonas para pensar em soluções duradouras para os problemas do dia a dia dos moradores de Manaus. Assim, o maior beneficiado é a população.

“Esse é um termo de cooperação. Quem faz a execução da obra, projeto e licitação, é a Prefeitura de Manaus. O ente estadual faz a fiscalização e aporta os recursos. Ao final, fazemos a entrega. Esse fortalecimento entre os poderes é importante porque ambos têm uma visão estratégica e pensam a cidade para o futuro. Torna a cidade preparada para o seu crescimento exponencial, torna a cidade capaz e, acima de tudo, torna a qualidade de vida da população de Manaus ainda melhor”, afirmou o vice-governador.

Composto por 12 alças, o complexo viário está orçado em R$ 49 milhões e tem a previsão de entrega de 18 a 24 meses.

Nenhum comentário