Aconteceu!

PRIMEIRO BEBÊ DE 2023 NASCIDO NA REDE ESTADUAL DE SAÚDE É UMA MENINA

(Foto: Daniel Oliveira/SES-AM)

Manaus (AM) – A Maternidade Azilda Marreiro, unidade da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), deu assistência ao primeiro nascimento de 2023 na rede pública estadual. A recém-nascida, Jennifer Alves Corrêa, nasceu de parto normal, com 3,4 quilos, medindo 49 centímetros, à 00h23 deste domingo (1°/01). A bebê é filha do casal Bruna Alves, de 23 anos, e de Jean Corrêa, 29, que moram no bairro Tarumã-Açu.

Bruna Alves deu à luz em um momento em que muitas pessoas ainda comemoravam a chegada do Ano Novo. Com 40 semanas de gestação, começou a sentir as primeiras contrações ainda na manhã do dia 31 de dezembro, e deu entrada na Maternidade às 21h. O nascimento se deu pouco depois da meia-noite, normal e sem complicações.

Ela conta que cogitou a possibilidade de ser a primeira mãe do ano, mas que ficou surpresa ao saber que o fato se concretizou.

“Era para ela nascer no dia 30, eu não imaginava que ela ia nascer do dia 31 para o dia 1°. Mas eu ainda brinquei com o Uber que vinha, eu disse: ‘já pensou ela nasce o primeiro bebê de 2023’. É uma alegria, uma nova vida para a gente cuidar, para a gente amar,” conta a mãe.

A emoção também tomou conta da equipe que realizou o parto. Após mais de 8 anos, a unidade recebe o primeiro recém-nascido do ano.

Para Isabella Amaral, gerente de enfermagem da maternidade, é uma honra para a unidade, ter a oportunidade de receber o primeiro nascimento na rede estadual de saúde, e destaca o cuidado diário dos profissionais a todas as mães atendidas.

“Nós ficamos bastante felizes, porque a Azilda Marreiro é uma maternidade que se preocupa muito com o cuidado à mãe, o cuidado ao recém-nascido, nós temos uma sala de boas práticas para que a evolução do parto seja muito bem tratada. Nós ficamos realmente muito felizes com esse nascimento aqui na nossa unidade,” disse a gerente.

A mãe e a bebê têm previsão de alta para amanhã (02/01), e juntas poderão aproveitar todo o ano de 2023.



*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário