Aconteceu!

JOAQUIM MELO, CRIADOR DA ‘BANCA DO LARGO’, MORRE AOS 64 ANOS

(Foto: Divulgação)

Amazonas – Neste domingo (1º), o criador da Banca do Largo, Joaquim Melo, morreu aos 64 anos vítima de complicações cardíacas após sofrer um infarto no último dia 20 de dezembro. Ele estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas o quadro de saúde se agravou.

O livreiro comandou 16 edições do ‘Tacacá na Bossa’, que tinha como principal objetivo fomentar a cena cultural, com a realização de shows de artistas locais nas noites de quartas-feiras, no Largo de São Sebastião.

Por meio de nota, o Governo do Amazonas lamentou a morte de Joaquim, ressaltando que sua contribuição faz parte da história do Largo São Sebastião e de Manaus.

Confira:

“O Governo do Amazonas lamenta, com profundo pesar, a morte de Joaquim Melo, criador da Banca do Largo, local que abriga a mais completa coleção de livros sobre a Amazônia; e que faz parte da história do Largo de São Sebastião e de Manaus.

Joaquim tinha 64 anos e foi vítima de complicações cardíacas, após sofrer um infarto. Ele comandou 16 edições do Tacacá na Bossa, projeto que movimenta a cena cultural, com shows de artistas locais nas noites de quartas-feiras, no Largo de São Sebastião.

Neste momento de dor, o Governo do Amazonas se solidariza com a família e amigos. E agradece a imensa contribuição que Joaquim Melo, com seu amor pelos livros e pelo Amazonas, deu para a cultura e história do Estado.”



*PORTAL TUCUMà

Nenhum comentário